A Comissão de Segurança Pública visitou, na manhã desta quinta-feira (04/02), à Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte. Lá, o deputado João Leite e o deputado Sargento Rodrigues (PDT), verificaram que, em média, dois policiais militares trabalham por turno, na Aisp.

A visita foi motivada porque, desde o final de janeiro, a região tem convivido com conflito entre traficantes, assustando os moradores. Segundo o delegado da Regional Sul, Frederico Abelha, duas gangues rivais – Sacramento e Bandonion – estão lutando atualmente no aglomerado pelo controle do tráfico de drogas e, consequentemente, pelo dinheiro na região.

Representando a Polícia Militar, o comandante do Grupo Especializado de Policiamento em Área de Risco (Gepar), tenente Mauro Lúcio da Silva, explicou que desde outubro do ano passado o número de policiais por turno foi reduzido na Aisp.

O deputado João Leite alertou que esse número reduzido de policiais coloca suas vidas em risco e que a Comissão vai realizar uma audiência pública para debater a situação e enviar ofícios aos comandantes das políciais sobre a real situação do efetivo.