O PT está matando as comunidades terapêuticas. A afirmação é do deputado João Leite (PSDB), em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, no dia 08 de setembro, ao saber que o Governo do Estado não está repassando os recursos financeiros para as comunidades terapêuticas há mais de três meses.

João Leite destacou que a única possibilidade de diminuir a dependência química é tratando os usuários, lembrou que anualmente mais de 60 mil jovens, entre 18 e 24 anos, são assassinados no Brasil em virtude do envolvimento deles com comércio ou uso de drogas.

Para o deputado, o Governo Mineiro se limita a falar mal das gestões passadas enquanto vive um apagão de gestão e traçou um paralelo com a gestão passada do Rio Grande do Sul, que deixou sim uma real herança maldita, onde a arrecadação gaúcha é insuficiente para pagar o funcionalismo.

O deputado João Leite ressaltou que os maus resultados na gestão pública fazem parte do DNA do PT e exemplificou com a performance do Governo Federal, que nos últimos doze meses a inflação acumulou em 9,56%, o PIB obteve uma queda de 2,26% no segundo trimestre deste ano e ainda haverá um déficit de R$100 bilhões no orçamento da União em 2016.

Ainda segundo o deputado, houve uma redução de 500 mil vagas na oferta de emprego e também grandes mudanças nos programas sociais. O PAC, Programa de Aceleração do Crescimento, teve um corte de R$26 milhões, no Minha Casa Minha Vida uma redução de 30% em recursos e a Educação amarga um corte de R$90 bilhões.