Há 70 anos, o mundo celebrava o fim da Segunda Guerra Mundial, a vitória dos países aliados e a rendição dos alemães. Somando-se às comemorações em todo o mundo, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), por iniciativa do deputado João Leite,  no dia 06 de julho, também comemorou a data, rendendo homenagem à participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Ao discursar, o deputado fez um histórico da participação dos soldados brasileiros na guerra, ao lado dos aliados, que lutaram durante 239 dias, em defesa dos valores democráticos. Ele reverenciou “os heróis e heroínas e suas famílias”, que venceram o nazismo e o fascismo, alcançando “uma vitória histórica para a civilização”.

João Leite lembrou que mais de 25 mil brasileiros, incluindo um grupo de enfermeiras, desembarcaram em terras italianas. Desse total, 1.500 retornaram feridos e 443 morreram em combate. Muitos dos combates, como a tomada de Monte Castelo, ocorreram sob chuva, na lama, a uma temperatura que chegou a  -20ºC, inviabilizando o apoio de carros de combate e aeronaves.

Os ex-combatentes e a FEB também foram saudados nos discursos do presidente da Associação Nacional dos Veteranos da FEB-BH, Marcos Renault, e do comandante da 4ª Região Militar, general Mário Lúcio Alves de Araújo.