Por iniciativa dos deputados João Leite (PSDB) e Anselmo José Domingos (PTC) foi realizado, na última terça-feira (10), o II Ciclo de Debates Muda Futebol Brasileiro, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O debate teve como objetivo a discussão sobre aspectos importantes do futebol como a formação de atletas, o incentivo ao futebol amador, o papel da mídia, a arbitragem e a gestão dos clubes

Segundo João Leite, que é ex atleta, é de grande importância a manifestação do futebol na democracia. Em sua fala, o deputado destacou a importância do futebol como um “instrumento fortíssimo na educação”, assim como os valores que são passados aos jovens que o praticam. João Leite também lamentou o descaso com os campos de futebol amador, que são, segundo o deputado, o lugar de origem de vários atletas.

O representante do Centro de Excelência em Performance do Futebol, Francisco Adolfo Ferreira, ressaltou que é necessária a modernização do esporte em todos os sentidos, principalmente em relação a legislação vigente, que está ultrapassada.

O ex-jogador Gilberto Silva, que também participou do evento, destacou os problemas presentes no calendário de jogos do futebol nacional. Segundo o ex-jogador, que também é representante do Bom Senso Futebol Clube, há uma incompatibilidade de interesses em relação à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), clubes e torcedores, o que prejudica o funcionamento pleno dos campeonatos e também o esporte em si. Gilberto Silva também salientou a realidade de diversos jogadores de times amadores que, ao final de campeonatos estaduais, ficam desempregados por falta de recursos dos clubes para mantê-los.

Já o jornalista esportivo Marcos Guiotti abordou o tratamento dado aos jornalistas por parte dos clubes de futebol. Segundo Marcos, a falta de acesso aos atletas e aos profissionais do esporte acarreta uma veiculação de notícias rasas sobre o assunto. O jornalista também ressaltou a importância de investimentos nas categorias de base.

Em concordância, João Leite destacou o investimento de 1 bilhão de euros feito pela Alemanha, nos últimos 15 anos, em 366 campos de várzea do país. Atualmente, a Alemanha é reconhecida mundialmente pelo excelente futebol, assim como sua capacidade de desenvolver técnica e habilidade em atletas desde a infância.